MÃE NÃO PODE TER LAZER (nem mesmo dentro de casa)


mãe tem que dormir
FOTO: FREEPIK
  Quando engravidamos escutamos a velha e clássica frase "Dorme agora por quê depois tu não vai mais conseguir", achamos graça, ficamos chateadas e na maioria das vezes nem ligamos, o fato é que depois que o bebê nasce nós mães passamos a dormir pouco e quando dormimos não é de forma contínua, é um sono fracionado, seja por quê acordamos no meio da noite inúmeras vezes para amamentar, conferir se está tudo bem,  ou de repente o bebê /criança se incomoda com algo, desperta e não consegue mais dormir.

   "Ah mas meu marido acorda de noite pra ficar com o bebê" , sim, o meu também acorda, mas pense que por mais que o pai levante de madrugada e pegue o bebê para que você o amamente, que ele passe a madrugada toda levantando e trocando fralda e o pondo para dormir, em algum momento você vai precisar levantar e cuidar do filho também seja para amamentar ou por quê ele quer o seu colo, seu cheiro, sua voz. Sabe aquela tão esperada frase "relaxa, dorme até tarde que hoje tô de folga e posso levantar cedo e cuidar do bebê" ? Acredite, mesmo assim você não conseguirá dormir direito, já que novamente seu filho irá precisar de você para algo, e independente se você dormiu bem ou não, se tem energia suficiente e disposição ou não, precisa levantar cedinho com ele caso você esteja só.

   Agora, vamos analisar por exemplo, o meu dia a dia, sou uma mãe de casa, parei de trabalhar para cuidar da Iara desde a gravidez, ela já tem 2 anos e não pretendo voltar a trabalhar fora por enquanto, acordamos por volta das 7 horas, ela cheia de energia e eu acabada, por quê? por quê fui dormir tarde, por quê? por quê quis, "ah mas então vai dormir cedo ué!", peraí gente que a coisa não é tão simples assim.

  A noite chega e então vou colocá-la para dormir, as vezes ela dorme 19:30 horas, mas tem dias que ela fica até as 22 horas ou mais correndo, pulando, mesmo eu mantendo diariamente um ritmo e rotina de atividades com ela, independente se estou cansada ou não, quero e preciso estar por inteiro com ela, dar atenção que ela merece e todos os cuidados, então, somente depois que ela dorme que tenho um tempo para mim, e acredite ou não, sou um ser humano que também sente vontade de ler, de escrever aqui no blog, assistir um filme, conversar direito com o marido (ou namorar) já que sempre que vamos conversar precisamos falar e correr atrás dela ao mesmo tempo (é bom que fazemos exercício físico hauhau), mas até fazer tudo isso me pego ainda acordada de madrugada, como dormir mais cedo se ainda quero e preciso de lazer? Então é isso? Tenho que decidir entre dormir e lazer? 

   Posso te contar um segredo? Mãe também tem de ter um tempo livre de verdade, não um "tempo livre" que ela usa organizando a casa, mas um tempo para ela fazer o que quiser, seja conversar com as amigas ou perder horas nas redes sociais, mãe também é gente, mãe precisa se divertir, não tô dizendo que não me divirto com a minha filha, nos divertimos muito por sinal e somos um verdadeiro "grudinho", mas depois que ela dorme quero, sei lá, assistir Mr. Bean.

  Ser mãe é maravilhoso, mas também é complicado, cansativo, ainda mais para aquelas que como eu, ficam em casa sozinhas, as vezes nos sentimos tristes, e mesmo estando com o nosso bebê nos sentimos solitárias em determinados momentos, e é aí que saímos com o bebê para comprar o pão mesmo não estando com fome, damos uma volta na pracinha, caminhamos pela rua de casa, ou participamos de inúmeros grupos de mães nos mais variados sites e redes sociais, talvez seja a nossa única forma de "socializar".

   Nós mães (alguns pais também) nos tornamos invisíveis para o mundo, já que não podemos ir à qualquer lugar ou evento com nossos bebês na hora que bem entendermos, isso nos leva ao famoso "fulana teve filho e sumiu" por que será ne? E ainda não podemos nos dar ao luxo por exemplo, de assistir algo até tarde, já que no outro dia temos que acordar cedo sem reclamar, sem cansaço, por quê afinal temos que dar conta já que nossas avós cuidavam de 15 filhos ao mesmo tempo e nunca reclamaram e nem morreram por que não dormiram bem.

   Deixa a mãe de bobeira, assistindo uma série, limpando as unhas, ou pegar no sono ali mesmo no sofá por quê estava assistindo um programa de TV na madrugada, não adianta reclamar para ela que ela "só está cansada por quê quer, já que podia ter dormido mas preferiu perder tempo", oras, se não pode ajudar, não atrapalhe, simples, quer ajudar? acorde cedo, bem antes de sair para o trabalho, cuide do bebê, nem que seja por meia hora, daí ela pode dormir um pouco mais, acredite, meia hora faz muita diferença, e nós mães, ou dormimos cedo e deixamos de fazer o que queremos, ou nos adaptamos na marra a vida de zumbi misturado com panda (se arrastando pela casa cheia de olheiras, e ainda prefiro essa opção).

   Para cuidarmos de nossos filhos ou trabalhar no dia seguinte, sendo esse trabalho dentro ou fora de casa, precisamos descansar para assim ter disposição, auto estima, energia, paciência, evitando as frustrações e até mesmo o estresse, mas precisamos também de diversão, nem que isso seja ver os gifs toscos do facebook.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR!

Postar um comentário

 
Sentido Materno - 2015. Todos os direitos reservados ©
LAYOUT PRODUZIDO POR INVENTO DESIGN e MODIFICADO POR SENTIDO MATERNO - Imagens por Freepik | Powered by Blogger